Alimentação adequada na gravidez: A gravidez é um período muito especial para a mulher e que requer alguns cuidados para que tudo corra bem. E um dos cuidados mais importantes diz respeito à alimentação: a gestação é um ótimo momento para mulheres adotarem hábitos mais saudáveis, uma vez que o bebê depende da boa nutrição de sua mãe. Além disso é uma oportunidade de se preparar para os primeiros meses após o parto, quando ela passará a ser muito solicitada.

Alimentação-saudável-para-grávidas-001

Precisa de algumas dicas para fazer a mágica acontecer? Então veja só o que preparamos pra você ter uma alimentação adequada na gravidez:

Dicas de alimentação adequada na gravidez

Nada de ‘comer por dois’

O primeiro passo é esquecer aquele velho ditado de que grávida deve comer por dois. Na maior parte do tempo, o significado de “comer melhor” não é a mesma coisa do que “comer mais”. Significa adotar refeições equilibradas e um cardápio mais variado e mais saudável. É normal sentir um pouco mais de fome, mas vá com calma na hora de escolher os lanchinhos, certo?

Alimente-se várias vezes durante o dia

Na prática é importante não passar muito tempo com o estômago vazio, dividindo suas refeições em refeições menores, ao invés de fazer apenas as três refeições tradicionais, em especial caso você esteja com problemas com enjoos, má digestão e azia. Comer de três em três horas é o ideal.

Alimentação-saudável-para-grávidas-002

Alimentação colorida e variada

Especialistas recomendam uma alimentação que inclua, em média, seis porções de pães e cereais – integrais de preferência – cinco de frutas e três porções de legumes e verduras. Leite e derivados e carne também são recomendados para oferecer nutrientes variados tanto a gestante quanto ao bebê. Beber água também é essencial, portanto não descuide da hidratação.

Alimentos ricos em ácido fólico

Fundamental para quem é tentante e também para gestantes, o ácido fólico atua na formação e desenvolvimento do sistema nervoso do feto, bem como cérebro e medula espinhal. O nutriente pode ser encontrado em alimentos como gema de ovo, espinafre, fígado, frutas cítricas, tomate e ervilha. Porém seu médico provavelmente receitará suplementos já que o obtido pela alimentação não é suficiente para as necessidades decorrentes da formação do bebê.

alimentação adequada na gravidez 2

Evite frituras

Uma recomendação importante é de que as carnes devem ser assadas, grelhadas, cozidas ou ensopadas, evitando as frituras. Faz mal tanto a mãe quanto ao bebê, e além disso pode piorar alguns desconfortos que as gestantes tendem a ter no período da gestação. Aliás, outros alimentos também devem ser evitados, mas isso você vê logo abaixo:

Olho vivo em alimentos que devem ser evitados

Gestantes devem deixar alguns alimentos de fora do cardápio. São eles: carnes cruas, mal passadas ou defumadas, peixes crus, mariscos e crustáceos crus ou mal cozidos, peixes que contenham mercúrio (sardinha, salmão (de viveiro) truta, pescada e cavalinha estão liberados), leite não pasteurizado (cru) assim como queijos e iogurtes caseiros, ovo cru, bebidas alcoólicas e canela. Cuidado também com chás, já que alguns são proibidos para grávidas. E não se esqueça de higienizar legumes e verduras com cuidado antes de consumir.

Você pode gostar também:

alimentação adequada na gravidez 1

Em caso de dúvidas, é extremamente importante procurar o seu médico

Uma dica importante para não ter dúvidas é consultar o médico, uma vez que pode haver fatores especiais em uma gestação e que exijam suplementos e mudanças no cardápio.