Benefícios do chocolate amargo para a saúde

Chocolate amargo: Não existe unanimidade, mas se existe um doce que está bem próximo desse conceito, sem dúvida estamos falando no chocolate. Afinal, quem é capaz de resistir a essa delícia? O problema é que nem tudo são flores. Isso porque, durante muito tempo, o chocolate foi considerado um vilão das dietas e da vida saudável, porém existem versões do alimento que contrariam essa crença.

Chocolate-amargo3

Estamos falando no chocolate amargo, que nem sempre é o nosso preferido, mas que é responsável por inúmeros benefícios para a saúde. Para não deixar dúvidas, lembre-se: o chocolate amargo é aquele que possui mais de 50% de cacau em sua composição, sendo que, quanto mais cacau, mais saudável ele será. As melhores escolhas são por chocolates que contenham no mínimo 70%, sendo que assim ele passa a ser considerado um alimento funcional.

Quais são os benefícios do chocolate meio amargo

Está curiosa para saber quais são os benefícios do chocolate amargo? Então vamos lá:

Chocolate-amargo

Chocolate amargo reduz a pressão sanguínea

O chocolate amargo melhora o fluxo nas artérias e ajuda a diminuir a tendência de coagulação de plaquetas e obstrução dos vasos sanguíneos. O chocolate amargo também inibe uma enzima conhecida por elevar a pressão.

Chocolate amargo reduz o colesterol

O consumo de chocolate meio amargo já é capaz de reduzir o colesterol ruim (LDL), porém dê preferência aos chocolates com maior teor de cacau em seu preparo.

Protege contra doenças cardíacas

As propriedades antioxidantes da guloseima protegem o organismo contra os efeitos dos radicais livres e isso, unido a uma redução da pressão sanguínea, ajuda muito a proteger o coração.

Chocolate-amargo2

Previne envelhecimento precoce da pele

Lembra das propriedades antioxidantes que citamos acima? Ela ajuda muito na proteção da pele contra as agressões do dia-a-dia, em especial aquelas que prejudicam a pele, com rugas e acentuando marcas de expressão antes da hora.

Promove sensação de bem estar

Cientistas apontam que o chocolate é capaz de aumentar a produção de endorfina e dopamina, amplificando a sensação de bem estar e relaxamento que essas substâncias são capazes de proporcionar.

Esses são apenas alguns dos benefícios que o chocolate amargo é capaz de proporcionar, mas vale manter a atenção a respeito da quantidade a ser consumida e também sobre os tipos de chocolate. O chocolate ao leite e o branco, que são o preferidos devem ser consumidos com moderação já que tem baixo ou nulo teor de cacau e apresentam muito açúcar e gordura em sua composição. Já a respeito do chocolate amargo, o consumo indicado é de 30g a 40g diários.

Confira sempre a embalagem, ok?


Você pode gostar também: