Iogurte grego: Um dos nossos alimentos preferidos sem dúvida é o iogurte. Saudável e nutritivo, a guloseima é versátil e está sempre presente no nosso dia a dia, principalmente no cardápio de quem deseja uma vida mais equilibrada ou enxugar alguns quilinhos.

Você pode gostar:

Aliás o iogurte é um alimento é tão versátil que podemos encontrar várias opções nas prateleiras dos supermercados. E tantas alternativas podem acabar deixando o consumidor um pouco confuso. Uma das dúvidas mais comuns, por exemplo, é a respeito do iogurte grego e o iogurte natural: qual é a diferença entre eles?

Diferença entre o iogurte grego e iogurte natural

Embora seja tudo iogurte existem diversas diferenças entre o tipo natural e grego. Veja só algumas:

Iogurte grego é mais consistente

Consistente: E pode ser usado como substituto para o cream cheese. O mesmo não ocorre com o iogurte natural. Este é mais leve, porém é mais líquido.

Paladar: O iogurte grego não tem o soro do leite, sendo retirado no processo de fabricação portanto não tem o gosto azedinho que muitas vezes espanta as pessoas. Ele tende a ser mais agradável para quem torce o nariz para produtos derivados do leite.

Iogurte grego engorda?

Calorias: O iogurte grego tende a ser mais calórico que o natural já que possui mais gorduras e açúcares em sua composição. A estimativa é de que cada porção do iogurte grego possua 133 kcal enquanto a versão natural apresenta 74 kcal e até menos se for do tipo light. Se você está fazendo dieta, o iogurte natural pode ser mais viável.

  • O iogurte grego tem 148 kcal em 1 copinho
  • O iogurte natural tem 126 kcal em 1 copinho

Iogurte grego melhora o intestino

O iogurte grego conta com a presença de bactérias probióticas capazes de melhorar o trânsito intestinal e ser uma boa arma contra o intestino preso. Já o iogurte natural apresenta menos ação contra o problema.

iogurte-grego-1

Nutrientes do iogurte

Cálcio: O iogurte grego tende a ser mais rico em cálcio em comparação ao natural, contendo 200 mg do nutriente em uma porção contra 140 mg. Ambos os iogurtes são ricos em cálcio, portanto vale o investimento.

Gordura: A versão grega tem maior teor de gorduras totais e também saturadas na comparação com o iogurte natural. Se a ideia é driblar a gordura na alimentação, o iogurte natural sem dúvida é a melhor opção.

Açúcar: O iogurte natural apresenta menos açúcar em comparação ao grego, sendo 5g de carboidratos em média contra 15g. Sendo assim o iogurte natural é uma alternativa mais viável para quem é obeso, possui diabetes, ou resistência a insulina.

Sódio: Para quem sofre com hipertensão ou quer evitar o problema o iogurte grego é uma opção mais interessante, já que a quantidade de sódio é menor que o apresentado na versão natural, sendo 40mg por porção contra 51mg. Não é uma diferença significativa, mas pode ser levado em consideração dependendo dos fatores e interesses de cada um.

Viu só? Iogurte não é tudo igual. Vale a pena ficar de olho e escolher de acordo com os seus planos. De qualquer modo você pode ter os dois itens na alimentação e obter o melhor de cada um deles.

Add to Favourites